Acrilamida

O que é a acrilamida e porque devo evitá-la?


A acrilamida é um químico que se forma naturalmente em produtos alimentares amiláceos quando são cozinhados a altas temperaturas (acima de 120°C). Quando a acrilamida está presente nos alimentos, pode aumentar potencialmente o risco dos consumidores de todas as idades desenvolverem cancro. Felizmente, existem formas de reduzir os níveis de acrilamida nos alimentos.
Alimentos feitos de cereais, tais como cereais de pequeno-almoço, bolachas, torradas e café, bem como produtos de batata e/ou batata doce como batatas fritas, são exemplos de alimentos com níveis mais elevados de acrilamida.
Não o queime - doure-o levemente!

Durante a fritura, siga os tempos e temperaturas de fritura recomendados e evite a cozedura excessiva, o excesso de crocante e a queima.
 Torre o pão até uma cor amarelo-ouro em vez de castanho.
 Confecione os produtos de batata como batatas fritas e croquetes de cor amarelo-dourada em vez de castanha.
Não armazene batatas no frigorífico, pois isto aumenta os níveis de açúcar, o que potencia a produção de acrilamida durante a confeção. Em vez disso, mantenha as batatas num local escuro e fresco.

Na Europa, os países recolhem dados sobre os níveis de acrilamida e os avaliadores do risco estudam estes dados para compreender se os mesmos representam risco para a saúde dos consumidores. Estão também em curso investigações para compreender melhor como ocorre a formação da acrilamida durante o processamento e como podemos encontrar novas formas de reduzir a sua ocorrência nos alimentos.